Viralizam fake news contra a ativista Greta Thunberg

Ativista de 16 anos, fala na Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU)
(Crédito: Reuters/Carlo Allegri).

Por Daiane Tadeu

Notícias falsas sobre Greta Thunberg começam a rodar a internet na semana do dia 24 de setembro, logo após a ativista fazer o discurso de abertura da Cúpula do Clima da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova York. 

A jovem sueca de 16 anos está sendo alvo de duas disseminações de desinformação. A primeira delas diz que a ativista é neta do investidor norte-americano George Soros. Utilizando uma fotomontagem dos dois, a notícia divulgada por diversos sites afirma que a jovem ativista seria financiada pelo empresário.

Além disso, a publicação “relata” que a adolescente sueca seria fruto de incesto cometido por filhos de Soros.  Greta Thunberg é filha de Malena Ernman e Svante Thunberg. Nenhum dos dois possui qualquer parentesco com George Soros. A fotomontagem usada na verdade é a alteração de uma imagem do twitter de Greta. Nela, a jovem posava ao lado do ex-vice-presidente dos EUA Al Gore.

Defensor de ações em prol da defesa do aborto, da legalização da maconha para uso medicinal, do casamento gay e das políticas contra a mudança climática, o fundador do Quantum Fund, George Soros, é alvo constante de críticas de conservadores de todo o mundo.

Outra montagem da jovem circulou nas redes nesta semana, na manipulação a ativista come dentro de um trem enquanto é observada por crianças em situação de pobreza.  A foto original mostra Greta comendo ao lado de uma paisagem. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *