Aplicativo capaz de produzir vídeos falsos em segundos viraliza na China

(Crédito: Olivier Douliery/GettyImages)

Por Daiane Tadeu

O aplicativo chinês Zao, lançado no final do mês de agosto, se tornou viral na App Store do país. A função do app é inserir o rosto de seus usuários em cenas de filmes e séries famosas. 

Utilizando a inteligência artificial, o aplicativo funciona por meio da cessão de selfies de seus usuários. Quanto mais fotos em diferentes posições forem tiradas mais realista será o vídeo gerado pelo Zao.

As imagens deve ser publicadas nos servidores da Momo Inc, uma famosa rede social chinesa.  Ao aceitar os termos de uso, os usuários concordam em ceder os direitos de propriedade intelectual de suas imagens à companhia, permitindo o uso em propósitos de marketing.  

“Entendemos a ansiedade das pessoas em relação às questões de privacidade. Recebemos os questionamentos que vocês nos enviaram. Nós vamos corrigir áreas que não consideramos”, declarou a companhia responsável pelo app, por meio do Weibo, a versão chinesa do Twitter.

Esta técnica de substituição dos rostos de pessoas em vídeos é conhecida como Deep Fake. Termo que surgiu em 2017, quando um usuário do fórum Reddit publicou vídeos pornográficos falsos protagonizados por atrizes famosas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *